Os recursos, manobras e técnicas em fisioterapia respiratória...

Oi gente bonita do meu coração! Aqui é a Profa. Renata Teodoro da fisiointensiva, em mais um capítulo da fisioterapia como ela é. E agora, vamos dissecar os recursos, manobras e técnicas em fisioterapia respiratória, a começar pelas famigeradas terapias de higiene brônquica.

Como eu, todos os professores bonitos e modestos do mundo, afirmamos que a prática precisa ser baseada em evidência. Maaasssss quando se trata de terapia de higiene brônquica as coisas ficam difíceis. Em uma busca na pubmed sobre o assunto, o artigo mais recente que encontrei foi de 1992. Nem sei se era um paper ou um papiro! Só para lembrar: a terapia de higiene brônquica utiliza-se de técnicas que visam auxiliar a mobilização e a eliminação de secreções. 

Vale ressaltar, que a indicação da terapia de higiene brônquica deve se apoiar em um bom exame clínico, na verificação da impossibilidade da depuração mucociliar espontânea pelo paciente e principalmente pela ausculta pulmonar que revela roncos. Aliás ronco é sinal de secreção em vias de maior calibre. Aquilo que seu companheiro ou companheira fazem enquanto dormem de boca aberta é cornagem, portanto, quando o sujeito tá lá se entregando nos braços de Orfeu impossibilitando que a casa toda durma, na verdade, ele ou ela não está roncando, está cornando!

Ser catarrento é muito deselegante, imagina se a Paola Bracho da novela a usurpadora (a novela que eu mais amo na vida! ainda bem que reprisam a cada 3 meses) ia ser catarrenta???? A mulher acordou de um período de coma com um super batom vermelho dizendo: “oh Carlos Daniel eu te amo”, já pensou, se ela desse uma tosse produtiva, daquelas que lá do postinho de enfermagem a gente escuta, durante a declaração??? Fala sério! Mas o caso não é a deselegância ou a sua lembrança de quando era pequeno e barrigudo, esfregando sua bolacha de maisena no catarro. O problema mesmo, é que a hipersecretividade aumenta o trabalho respiratório, favorece o desenvolvimento de infecções e pode causar colapso alveolar, por obstrução. Além do que, muitas doenças podem levar a hipersecretividade, isso inclui a imobilidade prolongada e o pós-operatório de cirurgias torácicas a abdominais altas, portanto, hipersecretividade não é um problema exclusivo do pneumopata. 

As manobras classificadas em convencionais (não invasivas) ou invasivas. Sendo as principais a drenagem postural, as manobras de vibração (tapotagem e vibração torácica), aceleração do fluxo expiratório e dentre as invasivas, cita-se a aspiração traqueal, bag squeezing (hiperinsuflação com AMBU) e manobras de PEEP/ZEEP,  quando comparadas ao estimulo a tosse ou com a aspiração traqueal sem que se tenha realizado manobras prévias, demonstram que a quantidade de secreção retirada é a mesma. Ou seja, o que fez a secreção ser removida foi a tosse ou a aspiração e não as manobras ou técnicas!

A partir desses achados, não mais pensamos em manobras milagrosas que fazem a secreção escorrer das bases para a traqueia lindamente. Pensamos em melhorar ou simular os mecanismos fisiológicos de depuração. Nisso a técnica de empilhamento de ar, vem demonstrando sólidas bases científicas de sua efetividade. Consagrada nas neuromiopatias, a técnica de empilhamento, é auxiliada por uma bolsa de insuflação manual (AMBU) aumentando o volume inspiratório acima de 3 mil litros, isso faz com que as forças de retração elástica dos pulmões atuem a todo vapor, quando o paciente faz a expiração forçada, e principalmente quando associado a contenção toraco-abdominal, para lhe dar sustentação. O air stacking ou empilhamento aéreo, não tem como função principal a mobilização de secreção, vista sob o ponto de vista das manobras convencionais como a tapotagem por exemplo. Na verdade, ela simula os mecanismos de tosse, aumenta o pico de fluxo expiratório e o pico de fluxo de tosse varrendo a secreção para as vias aéreas superiores. Sendo assim, essa é uma técnica que merece ser aplicada e estudada em outras afecções que não as neuromusculares. 

 

Grande beijo bem depurado pelo meu clearance mucociliar eficiente e até a próxima!!!!

 

Posts Relacionados

Prática baseada em evidência em fisioterapia respiratória.
As terapias de expansão pulmonar
O treinamento aeróbico como recurso da fisioterapia respiratória
Fisiointensiva
Redes Sociais

© 2019 - Fisiointensiva - Todos os Direitos Reservados